NOTÍCIAS

Fundos Imobiliários

10/04/2018

O impacto positivo da recuperação econômica sobre o preço e a vacância dos imóveis deve levar os fundos imobiliários ao quarto ano seguido de valorização. A aplicação entra na mira do investidor também em razão do atual cenário de juros em patamares mínimos históricos. O produto é boa alternativa para quem quer aproveitar a melhora no mercado imobiliário e diversificar seus investimentos com um ativo que paga um rendimento isento de Imposto de Renda e tem potencial de ganho com a valorização das cotas.

Esse tipo de fundo abrange em sua carteira imóveis de diferentes segmentos, como shoppings, lojas e galpões comerciais. Como todo instrumento de renda variável, se beneficia da queda de juros. 

Isso porque a Selic (taxa básica de juros do país) em baixa faz com que o investidor tenha de se arriscar mais para manter o ganho que tinha na renda fixa.

Neste ano, o impacto da queda de juros sobre esses fundos será menor do que em 2017, quando a Selic recuou de 13% para 7%. Atualmente, a taxa básica está em 6,5%, e o Banco Central sinalizou que fará um último corte de 0,25 ponto percentual na reunião de maio.

“Ainda existe espaço para se beneficiar dessa queda de juros, mesmo que a taxa tenha pouco espaço para novas quedas representativas”, afirma Gustavo Pires, responsável pela plataforma de fundos e previdência da XP Investimentos.

“A outra ponta do ganho, que deverá ser mais relevante neste ano, é a melhora na economia que a gente vem observando e, com isso, a redução da vacância e a alta do aluguel, o que contribui para a performance dos fundos.”

Fernando Silva Telles, corretor especialista, também aposta na melhora do mercado.  “A gente vê pelos nossos fundos que imóveis que estavam vagos no começo do ano passado já não estão mais, foram alugados. Tudo com muita negociação.”

Alexandre Rodrigues, analista da área de investimentos imobiliários, diz que o mercado está em crescimento. 

Segundo ele, a vacância dos imóveis AAA —de alto padrão— em São Paulo hoje é de 14%. No ano passado, era de 26%, de acordo com dados da consultoria CBRE.

“Pelo menos oito fundos estão em estruturação para lançamentos ou em conversas. É um número bem expressivo quando se compara com o ano passado e meses anteriores”, afirma.

E com o cenário avançando nesta direção, você sabe onde investir? Entre em contato com seu consultor InterInvest e informe-se ainda mais.


FONTE: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/04/melhora-no-mercado-atrai-investidor-para-fundos-imobiliarios.shtml

Entre em contato