CONTEÚDO

Deixe nossos especialistas ajudarem você a montar seu plano de sucesso.
CONVERSE COM UM ESPECIALISTA

Ações do Banco Inter saltam mais de 9% após tombo na semana; aéreas disparam com avanço de medicamento e PetroRio sobe 5%

01/10/2021

SÃO PAULO – Em um misto de busca de barganhas após a forte queda do Ibovespa em setembro e com o otimismo após dados promissores de um remédio contra Covid-19, as ações de empresas bastante descontadas subiram forte, enquanto as que mais sofrem com a queda do dólar tiveram perto no primeiro pregão de outubro.

O destaque ficou para as ações do Banco Inter (BIDI4, R$ 17,14, +9,31%;BIDI11, R$ 51,10, +9,54%), que dispararam mais de 9% após uma derrocada de 23% nas últimas quatro sessões.

Boa parte dessa queda ocorreu devido a informações que circularam no mercado apontando que a empresa estaria preparando uma provisão maior para perdas no balanço no terceiro trimestre, gerando muitas especulações. Contudo, analistas do BBI e do BBA reforçaram seu otimismo com a ação.

O Banco Inter informou na noite da véspera que antecipou a data da divulgação de sua prévia operacional referente ao trimestre para 4 de outubro, antes da abertura do mercado. O Bradesco BBI apontou uma visão positiva para a companhia, apesar da pressão de vendas, avaliando que o banco deve divulgar fortes números operacionais na próxima semana (veja mais clicando aqui).

As ações de aéreas e outras companhias que ganham com a reabertura da economia, também registraram ganhos, em meio ao noticiário de que a farmacêutica Merck avança em um medicamento oral contra a Covid-19. Ações de Gol (GOLL4, R$ 21,83, +5,41%), Azul (AZUL4, R$ 38,72, +6,34%) e CVC (CVCB3, R$ 23,14, +7,53%) avançaram entre 5% e 7%.

O e-commerce teve uma sessão de recuperação após o setor ser destaque de queda em setembro, com baixas de mais de 20%. Via (VIIA3, R$ 8,29, +7,52%), Americanas (AMER3, R$ 32,03, +3,59%) e Magazine Luiza (MGLU3, R$ 14,55, +1,46%), com destaque para a Via. Contudo, a expectativa ainda é de volatilidade para os papéis. 

O noticiário de venda e compra de ativos também segue movimentado. A MRV (MRVE3, R$ 12,67, +3,09%) avançou cerca de 3% após a construtora concluir a venda de um empreendimento na Flórida, EUA, por US$ 123 milhões em Valor Geral de Venda (VGV).

Fora do índice, a Oncoclínicas (ONCO3, R$ 14,74, +9,43%) saltou mais de 9%; a empresa assinou memorando de entendimentos vinculante para a aquisição da Unity, grupo de clínicas oncológicas no Brasil, com 24 unidades em 5 Estados e no Distrito Federal.

Enquanto isso, a PetroRio (PRIO3, R$ 26,35, +5,32%) avançou mais de 5% no primeiro pregão do mês de outubro após ter disparado mais de 30% em setembro, com a possível compra dos campos de Albacora e Albacora Leste, da Petrobras (PETR3, R$ 28,75, +2,13%; PETR4, R$ 27,98, +2,75%) no radar. Os papéis de Petrobras também tiveram altas. A sessão foi de ganhos para o petróleo, com o fechamento do brent para dezembro subiu 1,24%, a US$ 79,28 o barril, enquanto o WTI para novembro avançou 1,13%, a US$ 75,88 o barril.

Por outro lado, em meio à queda do dólar de 1,42%, a R$ 5,3691 na compra, as ações de empresas exportadoras como Suzano (SUZB3, R$ 52,47, -3,76%) e Klabin (KLBN11, R$ 23,76 -1,86%), fecharam em queda, assim como a JBS (JBSS3, R$ 36,34, -1,97%), esta última um dos destaques de alta de setembro.

Confira mais destaques:

BRF (BRFS3)

O Conselho de Administração da BRF aprovou na quinta-feira a criação de um programa de recompra de até 3.696.858 de ações ordinárias, mediante determinadas condições, informou a companhia em fato relevante.

Segundo a empresa, o objetivo do programa é cumprir obrigações e compromissos assumidos no âmbito de planos de outorga de opções, já aprovados em assembleias.

Cury (CURY3)

A Cury informa que o conselho de administração aprovou a recompra de até 10% das ações em circulação. A duração de programa de recompra da Cury será de 18 meses.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras confirmou no final do pregão da véspera que recebeu ofertas vinculantes de dois consórcios pelos campos de Albacora e Albacora Leste, com lances que podem superar US$ 4 bilhões para ambos os ativos.

Os consórcios que participam da fase vinculante são PetroRio/Cobra e EIG Global Energies Partners/Enauta/3R Petroleum.

A Petrobras disse ainda que está analisando as ofertas e que o início da fase de negociação será submetido à deliberação da diretoria executiva da companhia, após a conclusão da análise das ofertas.

“A companhia esclarece que a celebração da transação dependerá do resultado das negociações, bem como das aprovações corporativas necessárias”, disse a empresa.

A venda dos campos de Albacora representaria uma vitória para a Petrobras, que está vendendo dezenas de ativos em uma tentativa de reduzir a dívida e concentrar os investimentos nas prolíficas áreas do pré-sal.

Embraer (EMBR3)

A divisão de aviação agrícola da Embraer encerrou o mês de setembro com um acumulado de 50 aeronaves Ipanema EMB-203 vendidas no ano, comunicou a empresa.

Esse volume de negócios representa um crescimento de 100% em relação ao total registrado ao longo de 2020. A alta de pedidos é reflexo do desempenho favorável do agronegócio brasileiro e da confiança dos produtores e empresas aeroagrícolas em antecipar a demanda de 2022, que já responde por 30% das novas encomendas.

“O Ipanema é um grande aliado do agronegócio brasileiro ao refletir a eficiência, produtividade, economicidade e robustez, que fazem da aviação agrícola uma ferramenta essencial para o País”, disse Sany Onofre, head de aviação agrícola da Embraer. “Estamos bastante satisfeitos com os resultados obtidos este ano e, a cada nova entrega, aumenta o nosso entusiasmo com as projeções para os próximos anos”.

Ultrapar (UGPA3)

A Ultrapar comunicou que encerrou as negociações para aquisição da Refinaria Alberto Pasqualini (Refap) junto à  Petrobras (PETR3;PETR4), sem apresentar proposta. As tratativas haviam sido iniciadas no início do ano.

“Apesar dos esforços envidados pelas partes durante esse processo, certas condições críticas definidas na proposta vinculante da companhia não se confirmaram no curso das negociações, desequilibrando a equação de risco e retorno esperada. Com isso, a Ultrapar informa que não irá renovar sua proposta vinculante, optando por encerrar as negociações em curso, sem penalidades para nenhuma das partes”, destacou.

A Ultrapar informou que está concluindo a fase de racionalização de seu portfólio com os desinvestimentos em andamento da Oxiteno, Extrafarma e ConectCar.

Ainda em destaque, em assembleia geral extraordinária, a Ultrapar apresentou aos acionistas a oferta de direito de preferência para a subscrição de ações resgatáveis e aquisição de ações alienadas de emissão da subsidiária Oxiteno, vendida em agosto para Indorama por US$ 1,3 bilhão.

Os acionistas terão 30 dias para, na proporção de suas participações, subscreverem no mínimo 36.457.574 e no máximo 42.891.264 ações emitidas e adquirir 35.102.127 ações alienadas. Segundo a companhia, as duas transações tem que ser adotadas conjuntamente, ou seja, os acionistas não podem optar por uma ou por outra transação.

MRV (MRVE3)

A construtora MRV  anunciou que concluiu a venda de um empreendimento na Flórida, EUA, por US$ 123 milhões em Valor Geral de Venda (VGV).

De acordo com fato relevante, a venda das unidades do Banyan Ridgee Tamiami Landings, trouxe para a MRV uma receita líquida de US$ 57,5 milhões e um lucro bruto de US$ 33,1 milhões.

O Credit Suisse comentou a venda pela MRV de dois projetos AHS por US$ 123 milhões. O banco avalia o negócio como em linha com suas expectativas, e diz que os projetos são parte de um grupo de 8 ativos que deve ser vendido neste ano.

Oncoclínicas (ONCO3)

A Oncoclínicas assinou memorando de entendimentos vinculante para a aquisição da Unity, grupo de clínicas oncológicas no Brasil, com 24 unidades em 5 Estados e no Distrito Federal. O valor acordado é de R$ 558 milhões pagos em dinheiro e 45.765.246 ações.

“Caso concluída, a operação permitirá o incremento da presença do Grupo Oncoclínicas no Distrito Federal e nos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Pernambuco, além de marcar o ingresso da companhia na região Norte do Brasil (Estado do Amazonas)”, afirma a empresa em fato relevante. Segundo o grupo, a compra também permitirá a expansão da companhia para o interior do estado de São Paulo.

Considerando a conclusão da operação, o Ebitda ajustado da Oncoclínicas estimado para os 12 meses seguintes ao fechamento, após a incorporação das sinergias estimadas, será de aproximadamente R$ 145 milhões. A transação precisa ser aprovada pelos acionistas da Oncoclínicas e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Unifique (FIQE3)

A Unifique anunciou a compra de três provedores de internet e ativos de fibra ótica em Santa Catarina: a MKS NET SC, a TVC e a Fibramaxx. As aquisições somam juntas cerca de 33 mil clientes, o que representa em conjunto 10% da base de clientes atuais da companhia no Estado, e fazem parte de sua estratégia de crescimento onde já possui liderança de mercado na tecnologia fibra ótica, e de abranger o maior número de cidades possível. Não foram divulgados os valores das transações.

A MKS NET SC possui mais de 20 anos de atuação no segmento internet banda larga em Itapema, Balneário Camboriú, Navegantes, Bombinhas e Porto Belo. Possui aproximadamente 21 mil clientes atendidos por tecnologia fibra ótica. Segundo o fato relevantem a Unifique, que já possui presença nas cidades acima, amplia sua atuação com grande potencial de sinergia decorrente da diluição de custos fixos de sua operação e do aumento de receitas pelos serviços a serem ofertados à nova base de clientes e potenciais clientes da rede de fibra ótica adquirida.

Estapar (ALPK3)

A Estapar informou que mantém negociações em estágio avançado para a potencial aquisição da Zul Digital, por meio de compra de uma parcela de ações da empresa e incorporação das ações de emissão da Zul Digital pela companhia.

“As características da potencial aquisição, incluindo o preço por ação, relação de troca e a estrutura definitiva, estão sujeitas à conclusão das negociações dos documentos definitivos em termos satisfatórios para as partes envolvidas, bem como da eventual aprovação dos acionistas das companhias envolvidas, de forma que não há qualquer garantia de que a Potencial Aquisição será concluída com sucesso”, afirma a companhia em fato relevante.

Neogrid (NGRD3)

A Neogrid fechou contrato de compra da Lett, companhia especializada em trade marketing digital (estratégia de venda online), e tem como objetivo conectar marcas e consumidores para criar jornadas de compras no e-commerce.

O valor da aquisição é de R$ 38,454 milhões, o que representa 3,6 vezes o ARR (receita recorrente anual), e é composto por um pagamento inicial de aproximadamente 57% do valor e três parcelas com vencimentos em 120, 360 e 720 dias.

Banco do Brasil (BBAS3)

O Banco do Brasil confirmou na quinta que fez uma captação internacional no dia 13 de setembro de US$ 750 milhões em títulos de dívida sênior (bonds), com vencimento em 30 de setembro de 2026 e cupom de 3,25% ao ano, cuja liquidação financeira ocorreu ontem.

JBS (JBSS3)

A JBS comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral que recebeu, em 30 de setembro de 2021, comunicação de BNDES informando o cancelamento do processo de alienação das ações de emissão da JBS e de sua titularidade, potencialmente por meio de uma oferta pública de distribuição secundária de ações com esforços restritos de colocação no Brasil e com esforços de colocação no exterior de acordo com isenções de registro aplicáveis. BNDESPAR também informou
que o consórcio de bancos contratados para tal finalidade foi igualmente comunicado.

IRB (IRBR3)

O IRB-Brasil comunicou  que, em relatório divulgado em 30 de setembro, a agência de classificação de riscos Standard&Poor’s Global Ratings manteve o rating de crédito de emissor da empresa de “brAAA” na escala Nacional Brasil,
com perspectiva estável.

Leia também: Barsi reitera otimismo com IRB após “corte” do Credit e reduz exposição em BB Seguridade para comprar mais ações

Qualicorp (QUAL3)

A Qualicorp Consultoria e Corretora de Seguros comunicou nesta sexta que está ampliando seus canais de venda e de atendimento ao cliente com o lançamento de sua rede de lojas físicas, a Qualistore. As primeiras oito unidades estão em pleno funcionamento e localizadas em shopping centers da região metropolitana do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Em conjunto com a inauguração da Qualistore, a companhia lança, nesta mesma data, sua nova marca, identidade visual e seu novo posicionamento estratégico de mercado. Resultado de um amplo estudo de marca, a Quali passa a se apresentar
como a mais completa plataforma de escolha de planos de saúde do Brasil.

Sob o mote da campanha “Mais escolhas para você. Mais Quali para sua vida”, o novo posicionamento destaca o mais diversificado portfólio de escolhas de produtos na área de saúde à disposição dos brasileiros. Além de estampada nos principais canais de comunicação, a nova marca já pode ser vista na Qualistore.

Segundo a companhia, a renovação da marca e a Qualistore fazem parte da estratégia da companhia de reforçar seus pilares de crescimento e relacionamento com o cliente. Na loja, os consumidores terão à disposição um atendimento especializado e qualificado para contratar seu plano de saúde pela Quali, que conta com o maior portfólio de planos coletivos do Brasil, com coberturas médico-hospitalar e odontológica, abrangência nacional e regional, com ou sem coparticipação, entre outros benefícios.

(com Reuters e Estadão Conteúdo)

Especialistas certificados das maiores corretoras do Brasil ensinam como ir do básico à renda extra crescente operando como trader na Bolsa de Valores. Inscreva-se Grátis.

 


Fonte: https://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-do-banco-inter-saltam-7-apos-antecipacao-de-previa-aereas-sobem-forte-com-avanco-de-remedio-contra-covid/