CONTEÚDO

Deixe nossos especialistas ajudarem você a montar seu plano de sucesso.
CONVERSE COM UM ESPECIALISTA

Argentina abre fronteiras para brasileiros a partir desta sexta; veja como vai funcionar

01/10/2021

SÃO PAULO – A Argentina iniciou a reabertura de suas fronteiras com países vizinhos de forma gradual nesta sexta-feira (1).

De acordo com o plano anunciado pelo governo argentino, é a partir de 1° de novembro a entrada de estrangeiros será liberada sem exceção, o que deve aumentar o fluxo de voos para o país dos hermanos.

Por ora, segundo informações da agência argentina RFI, somente a Aerolíneas Argentinas, a Latam e a Turkish Airlines obtiveram autorizações para efetuarem voos entre Brasil e Argentina.

A primeira tem duas frequências semanais entre Buenos Aires e São Paulo até 15 de outubro. E  Latam só realizará cinco voos nos dias 1, 3, 8, 10 e 15 de outubro entre São Paulo e Buenos Aires. A Turkish Airlines, por sua vez, terá voos nos dias 5 e 12 de outubro também entre Buenos Aires e São Paulo.

Ainda, as companhias Azul e Gol continuam sem opções de voos rumo à Argentina, por enquanto.

No anúncio oficializado nesta quinta-feira (30), Matías Lammens, ministro do Turismo e do Esporte da Argentina, afirmou que a reabertura “com os países limítrofes agora e com o turismo internacional em novembro, será um dos grandes pilares para a recuperação econômica da Argentina”.

Vale lembrar que entre 2 de novembro e 25 de dezembro de 2020 a Argentina librou a entrada de turistas estrangeiros vindos dos países com os quais faz fronteira: Brasil, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Chile. Agora a estratégia se mantém e será ampliada para mais viajantes em novembro.

Regras de entrada

Para entrar no país só estão liberados viajantes vacinados vindos do Brasil, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Chile. E para estrangeiros vacinados de outros países, há necessidade de cumprir os seguintes critérios:

  • Apresentar comprovante de vacinação completa (seja uma ou duas doses) com 14 dias ou mais depois da dose final; não há restrições de marcas de vacinas;
  • Apresentar teste PCR feito até 72 horas antes da viagem e um teste antígeno ao entrar no país;
  • Apresentar novo teste PCR entre o 5º e o 7º dia depois da chegada à Argentina.

Além dos testes mencionados, uma quarentena de sete dias é obrigatória para quem não tiver o esquema completo de vacinação, incluindo os menores de idade.

Vale lembrar que o país determinou que os exames citados não serão mais obrigatórios quando a Argentina atingir 50% da população vacinada – hoje cerca de 45% da população já tomou as duas doses.

Os critérios citados são válidos também para cruzar a fronteira terrestre – inclusive na última segunda-feira (27), a Argentina reabriu uma ligação terrestre importante com o Brasil. A ponte Tancredo Neves conecta a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, com Puerto Iguazú, na Argentina.

InfoMoney fez um compilado de países que aceitam a entrada de brasileiros (veja aqui).

Especialistas certificados das maiores corretoras do Brasil ensinam como ir do básico à renda extra crescente operando como trader na Bolsa de Valores. Inscreva-se Grátis.


Fonte: https://www.infomoney.com.br/minhas-financas/argentina-abre-fronteiras-para-brasileiros-a-partir-desta-sexta-veja-como-vai-funcionar/