CONTEÚDO

Deixe nossos especialistas ajudarem você a montar seu plano de sucesso.
CONVERSE COM UM ESPECIALISTA

Eve, da Embraer, confirma acordo para venda de mais 100 “carros voadores” até 2026

03/10/2021

SÃO PAULO – A Eve, subsidiária da Embraer (EMBR3), fechou acordo com a Avantto, empresa brasileira de compartilhamento de aeronaves, para a venda de até 100 unidades de seus veículos elétricos de decolagem e pouso vertical (eVTOL). As entregas estão previstas para ter início em 2026.  A informação foi confirmada ao InfoMoney pela assessoria de imprensa da Embraer, mas os valores do acordo não foram revelados. De acordo com reportagem do Estadão, a Avantto pretende utilizar o eVTOL como táxi aéreo em suas operações.

As encomendas de eVTOLs da EVE estão a todo vapor. Há pouco mais de uma semana, a empresa havia anunciado um acordo semelhante com o Bristow Group, companhia britânica líder mundial em soluções de voo vertical. Essa negociação também prevê a entrega de até 100 “carros voadores” até 2026 e um trabalho conjunto entre as duas empresas para desenvolver um modelo de operação de Mobilidade Aérea Urbana (UAM).

Leia mais: Carros voadores – a estratégia que pode reerguer a Embraer após a crise

A lista de parceiros da EVE foi reforçada nos últimos meses. Em julho, a subsidiária da Embraer fez uma parceria de UAM com a Flapper, plataforma independente de aviação privada sob demanda. O acordo servirá como prova de conceito para futuras operações regionais dos eVTOLs da Eve.  A empresa espera fornecer à Flapper até 25 mil horas de voo por ano nas principais cidades da América do Sul como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Santiago (Chile), Bogotá (Colômbia), e Cidade do México (México).

O contrato tem potencial de trazer até 25 veículos elétricos de decolagem e pouso vertical (EVA) da Eve para a plataforma da Flapper, segundo destacou a empresa.

Um mês antes, a fabricante de eVTOLs fechou acordo de até 60 mil horas de voo por ano com a americana Blade Air Mobility, plataforma de mobilidade aérea urbana, que atualmente utiliza helicópteros e aviões-anfíbio.

A Eve planeja disponibilizar, junto a seus parceiros locais, até 60 aeronaves para uso da Blade pelos EUA a partir de 2026. A Blade vai pagar por hora de voo utilizada nas aeronaves da Eve, que serão fornecidas pela empresa e terceiros. A disponibilidade da aeronave da Eve pela malha da Blade está sujeita a acordos definitivos a serem firmados pelas empresas.

Especialistas certificados das maiores corretoras do Brasil ensinam como ir do básico à renda extra crescente operando como trader na Bolsa de Valores. Inscreva-se Grátis.


Fonte: https://www.infomoney.com.br/economia/eve-da-embraer-confirma-acordo-para-venda-de-mais-100-carros-voadores-ate-2026/