CONTEÚDO

Deixe nossos especialistas ajudarem você a montar seu plano de sucesso.
CONVERSE COM UM ESPECIALISTA

Ibovespa futuro abre em queda de quase 1% acompanhando exterior; pressões inflacionárias e tensões políticas pautam o mercado

04/10/2021

SÃO PAULO – O Ibovespa futuro começa a semana em baixa e sinaliza abertura negativa para a Bolsa brasileira, após ganhos expressivos na sessão da última sexta-feira. Os investidores seguem atentos a questões que já estão no radar há algum tempo, mas continuam preocupando: perspectiva  de retirada de estímulos nos Estados Unidos, temores relacionados à gigante imobiliária chinesa Evergrande e uma crise energética que tem afetado as cadeias produtivas, apontando para uma escalada da inflação global e o risco de estagnação da economia.

No radar político, a investigação batizada como “Pandora Papers” feita pela revista piauí, pela Agência Pública e pelos sites Poder360 e Metrópoles, pode colocar um adicional de incertezas nos negócios. Os jornalistas investigativos tiveram acesso a 11,9 milhões de documentos sobre companhias sediadas em paraísos fiscais e apuraram que Paulo Guedes, ministro da Economia, e Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, possuem ou chegaram a ter empresas offshore em paraísos fiscais. Especialistas veem conflitos de interesse no caso.

No Relatório Focus, do Banco Central, os economistas do mercado financeiro elevaram mais uma vez as projeções para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2021. Agora a expectativa mediana para a inflação deste ano está em 8,51%, ante a previsão de 8,45% da semana passada. Para 2022 a projeção foi de 4,12% para 4,11%.

Já em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), as projeções se mantiveram em expansão de 5,04% para 2021; e 1,57%, para 2022. As estimativas para o dólar ficaram em R$ 5,20 em 2021 e avançaram de R$ 5,24 para R$ 5,25 em 2022. Por fim, a projeção para a taxa básica de juros, Selic, manteve-se em 8,25% ao ano para 2021 e em 8,50% ao ano para 2022.

A agenda do dia tem dois eventos abertos com o presidente do Banco Central, que tem sinalizado com uma política monetária contracionista ao admitir que a inflação não é um problema temporário. O ministro da Economia, Paulo Guedes, por sua vez, participa de manhã da mesa de abertura da 1ª Semana Orçamentária do TCU.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), indicador de inflação para a cidade de São Paulo, avançou 1,13% em setembro. Houve uma desaceleração comparando ao índice de agosto, que foi de 1,44%, e à alta de 1,16% da terceira prévia de setembro. Em nove meses (janeiro a setembro), a inflação em São Paulo acumula alta de 7,26%. Em doze meses, de 10,52%.

Às 9h07 (horário de Brasília), o Ibovespa futuro com vencimento em outubro de 2021 operava com queda de 0,77%, aos 112.255 pontos.

O dólar comercial opera em alta de 0,31%,  a R$ 5,385 na compra e  R$ 5,386 na venda. O dólar futuro com vencimento em novembro de 2021 avança 0,34% a R$ 5,403. Hoje, o Banco Central faz leilão extra de swap cambial, com oferta de até 14 mil contratos, totalizando US$ 700 milhões.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 opera próximo da estabilidade a 7,20%, DI para janeiro de 2023 opera queda de dois pontos-base 9,11%, DI para janeiro de 2025 também cai três pontos-base a 10,12% e DI para janeiro de 2027 registra variação negativa de um ponto-base a 10,51%.

Nos Estados Unidos, são esperados anúncios do governo sobre as relações comerciais com a China e a expectativa é que os americanos apresentem regras mais rígidas para exportações e importações do país asiático.

A semana também reserva indicadores importantes. Na próxima sexta será divulgado o relatório de emprego dos Estados Unidos, que pode influenciar sobre a decisão do Federal Reserve sobre quando reduzir seu programa de compra de títulos. A expectativa e economistas ouvidos pela FacSet é de que 475 mil novos empregos tenham sido adicionados em setembro, frente a 235 mil em agosto –500 mil vagas a menos do que o esperado.

Na última sexta-feira, as principais bolsas americanas avançaram em meio a notícias de um novo tratamento oral desenvolvido pelas farmacêuticas Merck e Ridgeback Biotherapeutics contra a Covid. Agora, as empresas pretendem buscar autorização emergencial para o remédio. Caso seja autorizado por órgãos regulatórios, este poderá se tornar o primeiro tratamento oral antiviral com efeito real sobre os pacientes a ser empregado –drogas como ivermectina e cloroquina são comprovadamente ineficazes.

No pré-mercado, o índice Dow Jones futuro opera em queda de 0,37%; o S&P futuro recua 0,44%; o Nasdaq futuro também opera com variação negativa, de 0,56%.

As bolsas europeias também reduziram ganhos e os índices operam próximos da estabilidade, com tendência de baixa. O Stoxx 600, que reúne ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, recua 0,13%. A Bolsa de Frankfurt recua 0,22% e a de Londres cai 0,04%.

No Reino Unido, soldados do exército britânico começaram a fazer entrega de combustível nos postos. Em algumas partes do bloco, as bombas continuam vazias, por conta da falta de caminhoneiros.

Hoje, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e Aliados (Opep+) se reúne para discutir o nível de produção de petróleo, em meio a escalada de preços da commodity. O previsto para novembro era ampliar a oferta em 400 mil barris por dia, mas existe a chance de a produção ser ainda mais elevada.

De acordo com a Reuters, a Opep+ deve manter o acordo para a produção adicional de 400 mil barris de petróleo por dia em novembro.

As bolsas asiáticas tiveram desempenhos mistos nesta segunda-feira. Em Hong Kong, o índice Hang Seng perdeu 2,9% na segunda depois de voltar a funcionar após um feriado na sexta. No Japão, o Nikkei recuou 1,13%.

O mercado chinês fica fechado até quinta-feira, com o feriado da Semana Dourada. Contudo, as preocupações sobre a Evergrande seguem no radar.

A negociação dos papéis do China Evergrande foram pausadas, em meio a temores sobre a saúde da incorporadora. Além disso, as negociações dos papéis do Evergrande Property Services também foram pausadas. A empresa afirma que espera-se um anúncio quanto a uma “possível oferta geral por ações da companhia”.

As negociações dos papéis de outra incorporadora chinesa, a Hopson, também foram suspensas. A empresa atribuiu a pausa por conta de uma “grande transação”, sob a qual concordou em comprar os papéis de outra empresa.

Nas últimas duas semanas, o Evergrande deixou de pagar os juros de dois títulos.

Banco Pan (BPAN4) e Mosaico (MOSI3)

O Banco Pan comunicou ter assinado acordo para a incorporação da totalidade das ações de emissão da Mosaico, dona das marcas Zoom, Buscapé e Bondfaro, e que é detentora da maior plataforma de conteúdo e originação de vendas para o e-commerce do Brasil.

Petrobras (PETR3PETR4)

O risco é “zero” de a Petrobras atuar para segurar os preços dos combustíveis no país em meio a um período de valores elevados que pressionam a inflação e o orçamento dos brasileiros, disse o presidente da empresa, general da reserva Joaquim Silva e Luna, em entrevista à agência internacional de notícias Reuters.

Depois de 85 dias, a Petrobras promoveu na semana passada um reajuste no preço do diesel de cerca de 9%, e com altas anteriores o combustível nas refinarias da empresa acumula aumento de mais de 50% no ano, assim como a gasolina, gerando manifestações de políticos para que a petroleira estatal tenha uma “função social” de aliviar a inflação.

Além disso, a Associação de Petroleiros Acionistas da Petrobras (Anapetro) pediu que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abra um processo para apurar o interesse da estatal em blocos ambientalmente sensíveis que serão ofertados na próxima rodada de concessão de áreas exploratórias no país, segundo nota enviada à imprensa. A rodada está marcada para 7 de outubro, com a oferta de 92 blocos exploratórios marítimos nas bacias de Campos, Santos, Pelotas e Potiguar.

Para a associação, o eventual arremate de blocos em áreas ambientalmente sensíveis incluídas no leilão pode gerar insegurança jurídica e a possibilidade de indeferimento de licenças de exploração.

Alliar (AALR3)

A empresa de diagnósticos médicos Alliar anunciou na sexta-feira a renúncia de Fernando Terni como diretor-presidente, função que será acumulada por Ricardo Dupin, atual vice-presidente de operações.

Embraer (EMBR3)

A Embraer informou na sexta-feira que vendeu 50 aeronaves Ipanema EMB-203 em 2021 até o fim de setembro, o que representa um crescimento de 100% sobre todo o ano de 2020. Segundo a fabricante, a alta reflete o bom desempenho do agronegócio brasileiro e a confiança de empresas agrícolas em antecipar a demanda de 2022, que já responde por 30% das novas encomendas.

Além disso, a Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, recebeu pedido de até 100 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL), afirmou a assessoria de imprensa da Embraer neste domingo. O pedido foi feito pela Avantto, uma empresa com sede no Brasil, com entregas programadas para começar em 2026.

Fleury (FLRY3)

O Fleury vai intensificar seu crescimento via aquisições, dentro da estratégia de diversificar receitas, mas não pretende entrar numa disputa aberta com operadoras de planos de saúde, disse a presidente do grupo de medicina diagnóstica, Jeane Tsutsui.

As declarações de Tsutsui, que assumiu o cargo em abril, vêm em meio a uma onda de aquisições e novos investimentos da quase centenária companhia para se tornar um hub de serviços médicos, num momento de ebulição no mercado de saúde no Brasil catalisado pelos efeitos da pandemia de Covid-19, no ano passado.

IRB (IRBR3)

Menos de duas semanas após eleger um novo CEO, o IRB  agora se prepara para substituir seu vice-presidente de finanças. Werner Süffert, que estava no cargo desde março de 2020, ocupará a posição até 31 de outubro, quando será desligado. De acordo com o fato relevante arquivado pela empresa na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Süffert deixa a vice-presidência de finanças por motivos pessoais.

XP (XPBR31) e Itaú  (ITUB4)

O BDR (Brazilian Depositary Receipts) da XP  – certificados que representam as ações da corretora listada nos Estados Unidos- passarão a ser negociados na B3 nesta segunda.

A mudança veio após o sinal verde da XP Inc. e da XP Part. A relação de troca será de pouco mais de 43,3 ações XPart por ação ou BDR da XP.

O movimento marca a conclusão da saída do Itaú do capital da corretora, posição que detinha desde 2017.

Com essa cisão, decidida pelo Itaú no ano passado, cerca de 90 milhões de títulos da empresa passarão a ser negociados na Bolsa brasileira.

Pelo valor das ações da XP de sexta-feira, os BDRs representam mais de R$ 20 bilhões. Com isso, investidores brasileiros poderão ter acesso direto na B3 aos papéis da XP, que tem capital aberto na Nasdaq.

 


Fonte: https://www.infomoney.com.br/mercados/ibovespa-futuro-abre-em-queda-de-quase-1-acompanhando-exterior-pressoes-inflacionarias-e-tensoes-politicas-pautam-o-mercado/