CONTEÚDO

Deixe nossos especialistas ajudarem você a montar seu plano de sucesso.
CONVERSE COM UM ESPECIALISTA

Criptos hoje: Bitcoin vai a US$ 50.000, moeda meme dispara 50% e mais notícias

05/10/2021

SÃO PAULO – O Bitcoin (BTC) volta a abrir o dia em alta após iniciar o mês de outubro com fortes ganhos e acaba de ultrapassar novamente a barreira dos US$ 50.000, marca que não alcançava há um mês. Negociada a US$ 50.183 às 7h, a criptomoeda passa a acumular valorização de 5,5% no dia e 14% na semana.

O preço vem acompanhado de forte entrada de capital institucional, que serviu para proteger o nível de suporte de US$ 40.000 na semana passada com injeção diária de US$ 1,75 bilhão, segundo dados da casa de análise Glassnode.

Maiores especialistas do Brasil te ensinam a investir melhor nessa classe de ativos: conheça o curso Criptoinvestidor!

Demais criptomoedas do mercado, chamadas de altcoins, também registram fortes ganhos no dia. O Ethereum (ETH) sobe 2,6% para US$ 3.448 e o token Internet Computer (ICP) avança 12,8%. Mas, o destaque do dia é a criptomoeda meme Shiba Inu (SHIB), que valoriza mais de 50% nas últimas 24 horas, seguida de vários ativos do universo das finanças descentralizadas (DeFi)

Os ganhos no mercado cripto, que volta a valer US$ 2,27 trilhões, também vêm na esteira do crescimento da adoção na Ásia, apesar das recentes medidas restritivas impostas pelo governo Chinês. De acordo com a Chainalysis, as transações de criptomoedas nas regiões da Ásia Central, Sul da Ásia e Oceania dispararam 706% em um ano e atingiram US$ 572,5 bilhões – a maior fatia foi investida por fundos institucionais.

Já no Brasil, o mercado regulado de criptomoedas ganhou as primeiras opções de investimento em tokens não-fungíveis (NFT), setor que apresenta forte crescimento no ano e tem papel importante na popularização de jogos como Axie Infinity (AXS), que oferece renda ao jogador.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h00:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 50.183+5,5%
Ethereum (ETH)US$ 3.448+2,6%
Cardano (ADA)US$ 2,25+2,4%
Binance Coin (BNB)US$ 436+3,5%
XRP (XRP)US$ 1,06+2,6%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Shiba Inu (SHIB)US$ 0,00001353+54,7%
Klaytn (KLAY)US$ 1,42+14,7%
Internet Computer (ICP)US$ 55,28+12,8%
Stacks (STX)US$ 1,45+10,09%
Flow (FLOW)US$ 21,56+10,07%

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
dYdX (DYDX)US$ 23,94-7,8%
OMG Network (OMG)US$ 16,61-7,0%
Axie Infinity (AXS)US$ 141,23-6,1%
Tezos (XTZ)US$ 8,54-5,9%
Qtum (QTUM)US$ 13,49-4,0%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 48,58+3,60%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 64,99+5,67%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 55,76+4,22%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 17,04+4,86%
QR Ether (QETH11)R$ 13,48+4,90%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta terça-feira (5):

Vitreo anuncia fundo que investe em NFTs

A gestora Vitreo lança até quarta-feira (6) dois novos fundos que investem em ativos ligados ao setor de tokens não-fungíveis (NFT). Investidores que optarem por cotas dos novos produtos ganharão exposição a seis NFTs de jogos construídos no formato jogue para ganhar (play to earn), como o Axie Infinity (AXS).

Um dos fundos será voltado para investidores qualificados, terá gestão ativa e oferecerá 100% de exposição aos criptoativos da cesta, conforme permitido pela norma da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Já o segundo fundo será oferecido ao investidor comum (varejo) e terá exposição de 20% aos ativos digitais por meio de gestão ativa. O restante será alocado em um ETF de criptomoedas que acompanha o índice Nasdaq Cripto Index.

Os novos produtos se somarão às 21 opções disponíveis no mercado brasileiro desde 2018. Até aqui, os fundos acumulam US$ 2,7 bilhão em ativos.

Emissora da stablecoin USDC sob investigação nos EUA

A Circle, empresa emissora da stablecoin (criptomoeda pareada com moeda ficudiária) USD Coin (USDC) está sob investigação nos Estados Unidos e foi intimada pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) a prestar esclarecimentos.

A intimação ocorreu em julho, mas só foi revelada em um documento publicado ontem no site da SEC. Em nota, a Circle disse que irá cooperar com a SEC fornecendo “documentos e informações sobre algumas de nossas participações, programas de clientes e operações”.

Mais detalhes da investigação não foram revelados, mas o caso vem à tona logo após a Circle anunciar o Circle Yield, um produto de rendimento em criptomoedas. Paira a suspeita de que a SEC esteja de olho na novidade e possa barrar seu lançamento assim como fez com um produto similar anunciado pela Coinbase e que logo foi suspenso após pressão dos reguladores.

A investigação também ocorre em meio a uma ampla ofensiva dos reguladores americanos contra as stablecoins, as quais julgam ameaçar a estabilidade do sistema financeiro por supostamente não protegerem o capital dos usuários.

A USDC é a segunda maior stablecoin do mundo, atrás somente da Tether (USDT), com US$ 32,3 bilhões de valor de mercado.

Maiores especialistas do Brasil te ensinam a investir melhor nessa classe de ativos: conheça o curso Criptoinvestidor!


Fonte: https://www.infomoney.com.br/mercados/criptos-hoje-as-noticias-que-movimentam-as-moedas-digitais-nesta-terca-feira-051021/