CONTEÚDO

Deixe nossos especialistas ajudarem você a montar seu plano de sucesso.
CONVERSE COM UM ESPECIALISTA

Ações de Banco Inter, Banco Pan e Méliuz voltam a ter forte queda; Petrobras tem baixa de mais de 2%

06/10/2021

SÃO PAULO – Um novo dia de aversão ao risco para os mercados, com temores mais uma vez renovados sobre a inflação global com o choque dos preços de energia, além de uma projeção mais modesto para o crescimento.

Os títulos dos Treasuries continuam sobre pressão, com o rendimento do título de 10 anos acima dos 1,5% na esteira de dados mais fortes do que o esperado do ADP, impactando as ações de “crescimento” também por aqui.

Os papéis do Banco Inter (BIDI4;BIDI11) seguem em derrocada, acumulando perdas de cerca de 20% na semana, sendo que nem mesmo a sua prévia operacional ajudou a diminuir a aversão ao risco com a ação. Banco Pan (BPAN4) e Mosaico (MOSI3), após a queda da véspera, seguem em baixa.

Méliuz (CASH3), mesmo depois de uma prévia considerada positiva, cai mais de 4%, também em meio a esse cenário.

O risco para se investir em ações de crescimento/tecnologia é visto como maior do que nas ações de valor nesse cenário, pois o fluxo de caixa das empresas de crescimento tem prazo (duration) mais longo e com o valor da empresa mais concentrado na perpetuidade.

Varejistas, em geral, têm queda, também com a baixa inesperada de 3,1% das vendas no setor em agosto na comparação mensal, com poucos segmentos, como o farmacêutico, além de tecidos, vestuário e calçados, apresentando alta.

Poucas ações registram ganhos, com até mesmo a Ambev (ABEV3), que abriu com alta, passando a operar perto da estabilidade. O BBI divulgou prévia dos resultados da companhia, com os números do terceiro trimestre a serem divulgados em 28 de outubro, projetando Ebitda 2% acima do consenso, para R$ 5,075 bilhões, e lucro líquido 9% além do projeto pelo consenso de mercado, para R$ 2,565 bilhões.

As ações da Petrobras (PETR3;PETR4), que vinham em alta nas últimas sessões, registram baixa de mais de 2%, em dia de queda do petróleo.

A commodity do tipo brent chegou a atingir os US$ 83 novamente nesta quarta-feira, apoiado pela recusa da Opep+ em aumentar a produção mais rapidamente em um contexto de preocupação com o fornecimento de energia restrito em todo o mundo. Mais tarde na sessão, no entanto, o petróleo caiu de suas máximas. No final da manhã, o brent para dezembro tinha queda de 1,55%, a US$ 81,28 o barril.

Confira mais destaques:

PetroRio (PRIO3)

A PetroRio informou ter produzido 31.044 barris de óleo equivalente por dia (boed) em setembro, 7,6% menor frente os 33.593 barris produzidos em agosto.

Do total do mês passado, 15.988 barris foram produzidos no Campo de Frade, enquanto a produção do Campo de Polvo junto com o Campo de Tubarão Martelo, em setembro, totalizou 13.390 boed, afetada pela produção interrompida em dois poços por falhas na bomba centrífuga submersa (BCS).

O Campo de Manati totalizou uma produção de 1.666 boed. Em setembro, as vendas chegaram a 424,5 mil barris de óleo (bbl), todas provenientes dos Campos de Polvo e Tubarão.

Enauta (ENAT3)

A Enauta comunica que sua produção total de óleo e gás atingiu 675,6 mil barris de óleo equivalente em setembro. A produção média diária no período foi de 22,5 mil boe.

Também em setembro, a produção média diária do Campo de Atlanta foi de 14,7 mil barris de óleo, similar à do mês anterior. O Campo operou por meio de três poços até 5 de setembro e dois poços no restante do mês. O retorno da produção do terceiro poço está previsto para o primeiro trimestre de 2022, conforme a empresa.

Já a produção média diária de Manati reduziu 12% em relação a agosto, refletindo a parada da operação do Campo entre 28 de setembro e 3 de outubro. Atualmente, a produção de Manati encontra-se normalizada.

Dommo Energia (DMMO3)

A Dommo Energia comunicou que a produção da companhia foi de 21.142 barris em setembro de 2021.

O Operador informou à companhia que o Campo de Tubarão Martelo se encontra com dois poços com sua produção interrompida por falhas na bomba centrífuga submersa (BCS): (i) o poço TBMT-8H, que, após passar por uma limpeza, teve seu workover temporariamente interrompido; e (ii) o poço TBMT-2H, que apresentou falha na segunda quinzena de setembro e passará por um processo de workover.

“Com a completação do poço TBMT10H entrando nos seus estágios finais e prevista para ser concluída em meados de outubro, a sonda Kingmaker está a caminho do poço TBMT-2H para realizá-lo e depois seguirá para o poço TBMT-8H”, informou a empresa.

Rede D’Or (RDOR3)

A Rede D’Or informou que adquiriu o Hospital Aeroporto, em Lauro de Freitas/BA, pelo valor de firma (firm value) é R$ 230 milhões.

A previsão de Ebitda para o Hospital Aeroporto é de R$ 20 milhões para os 12 meses subsequentes à operação, com parte das sinergias incorporadas. Segundo a Rede d’Or em fato relevante, o negócio “reforça o compromisso” da instituição com a sua estratégia de expansão e visão de longo prazo.

A operação inclui o imóvel, sede do hospital, com potencial construtivo de expansão de, no mínimo, 200 leitos. Atualmente, o hospital conta com 85 leitos. A aquisição está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Gol (GOLL4)

A Gol divulgou que a demanda por seus voos foi 36,8% maior em setembro do que um ano antes, quando a empresa e todo o setor aéreo ainda sofriam maiores impactos causados pela pandemia.

Na comparação com agosto, a demanda subiu 0,7% enquanto a oferta teve incremento de 2,1%, segundo dados divulgados pela empresa no mês passado. A companhia afirmou que no terceiro trimestre a demanda foi 87,5% maior que a registrada de julho a setembro de 2020 e que sua oferta de assentos subiu 38,1% em setembro e 82,5% no terceiro trimestre, nos comparativos anuais.

A Gol seguiu sem fazer voos internacionais e transportou um total de 1,6 milhão de passageiros no mês passado, alta de 47,8% sobre setembro de 2020. O número de clientes transportados no trimestre passou de 2,6 milhões para quase 5 milhões.

A ocupação das aeronaves da empresa no terceiro trimestre foi de 81,4% ante 79,3% na comparação anual.

 

Santander Brasil (SANB11)

As ações da empresa de meios de pagamento Getnet começarão a ser negociadas na B3 no dia 18 de outubro. O código de negociação dos papéis será GETT3 para as ações ordinárias (que dão direito a voto), GETT4 para as ações preferenciais (que dão direito a preferência no recebimento de dividendos) e GETT11 para as units (agrupamentos de diferentes tipos de papéis).

Já na Nasdaq, os ADS (na prática, as ações da empresa negociadas nas bolsas dos Estados Unidos) da Getnet começam a ser negociados a partir do dia 22 de outubro sob o código GET.

Como a Getnet nasceu como um braço de pagamentos do Santander Brasil, os acionistas do banco receberão em 15 de outubro 0,25 ação ordinária, preferencial e unit da Getnet para cada ação ordinária, preferencial ou Unit emitida pelo Santander Brasil.

Vale (VALE3)

A Vale informou que suspendeu a produção de cobre na mina do Salobo, no município de Marabá (PA) após incêndio. Segundo a companhia, ele foi controlado por equipes de emergência e não houve vítimas ou danos ambientais. “O local afetado passa por avaliação e as causas do incêndio estão sendo apuradas”, afirma a empresa em comunicado ao mercado.

Avaliações preliminares apontam que a retomada da produção ocorrerá até o final de outubro. As demais atividades, incluindo operações de mina e manutenção, prosseguem normalmente. Em 2020, Salobo produziu 172,7 quilotoneladas de concentrado de cobre.

Méliuz (CASH3)

O Méliuz divulgou sua prévia de dados operacionais referente ao terceiro trimestre de 2021. Sobre volume bruto de vendas de mercadorias (GMV), a companhia aponta ter atingido o melhor resultado da história, superando inclusive os valores do quarto trimestre de 2020 quando ocorreu a última Black Friday.

“Considerando apenas o Méliuz (excluindo as aquisições), atingimos um GMV de R$ 1,1 bilhão, um crescimento de 26% contra o segundo trimestre de 2021 e 72% contra o mesmo período do ano anterior”, aponta.

Em relação às demais empresas do grupo, o Méliuz teve um GMV de R$ 291 milhões para o Picodi e de R$ 49 milhões para a Promobit no terceiro trimestre, totalizando R$ 1,4 bilhão de GMV na visão consolidada no trimestre.

“Nos últimos 12 meses findos em 30 de setembro de 2021, geramos um GMV total de R$ 4,5 bilhões, sendo R$ 3,8 bilhões referentes ao Méliuz, R$ 642 milhões à Picodi (considera a partir de março de 2021) e R$ 81 milhões à Promobit (considera a partir de maio de 2021)”.

A companhia finalizou o trimestre com um total de 20,8 milhões de contas abertas, um crescimento de 2,0 milhões em relação ao segundo trimestre, quando atingiu 18,8 milhões, e de 9,1 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior, quando alcançamos 11,6 milhões.

Rumo (RAIL3)

A Rumo divulgou o guidance (projeções) para o projeto de construção, operação, exploração e conservação da ferrovia
que conecta, de modo independente, o terminal rodoferroviário de Rondonópolis a Cuiabá e à Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso.

A companhia projeta um capex de R$ 9 milhões a R$ 11 milhões com o projeto entre 2022 e 2030.

Em relação ao volume aproximado de grãos migrado de Rondonópolis para outros terminais, a companhia projeta um total de 16 milhões de toneladas.

Já o volume potencial aproximado de toneladas adicionais de grãos é de 18 milhões de toneladas.

Multiplan (MULT3)

A Multiplan anunciou na terça-feira o lançamento do Golden Lake, empreendimento em Porto Alegre (RS) com sete condomínios com 18 torres residenciais ao todo, com valor geral de venda (VGV) estimado em cerca de R$ 4 bilhões.

Raízen (RAIZ4)

A Raízen informou que irá investir cerca de R$ 150 milhões para a construção de nova unidade de geração de energia elétrica a partir de bagaço de cana-de-açúcar, o que elevaria a capacidade de produção da companhia em 105.000 MWh ao ano.

(com Reuters e Estadão Conteúdo)

Analista da Clear apresenta plano detalhado para começar a construir uma renda diária utilizando a Bolsa de Valores. Inscreva-se grátis.

 


Fonte: https://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-de-banco-inter-banco-pan-e-meliuz-voltam-a-ter-forte-queda-petrobras-tem-baixa-de-mais-de-2/